AFP
AFP

Após suspensão, Lille chama Bielsa para reunião e indica demissão

Clube suspendeu o treinador na semana passada, por insatisfação com os resultados recentes da equipe

Estadão Conteúdo

28 Novembro 2017 | 15h18

A diretoria do Lille anunciou nesta terça-feira que chamou o técnico Marcelo Bielsa para uma reunião nesta semana para definir o seu futuro. Em uma decisão incomum no futebol, o clube francês suspendeu o treinador na semana passada, por insatisfação com os resultados recentes da equipe na temporada.

+ Confira a classificação do Campeonato Francês

O clube indicou que deve formalizar a demissão do treinador argentino nesta reunião, marcada para quarta-feira. O encontro foi divulgado pelo Lille com o objetivo de proteger a diretoria em razão de uma alegada ação judicial que Bielsa pretende iniciar contra o clube.

De acordo com a imprensa francesa, o Lille optara pela suspensão do argentino, e não pela sua demissão, por conta da alta multa rescisória de Bielsa. Segundo o jornal L'Equipe, ela poderia chegar até a 16 milhões de euros (cerca de R$ 61,3 milhões).

Com Bielsa afastado, o Lille voltou a surpreender na semana passada ao anunciar que o time seria comandado por quatro treinadores diferentes ao mesmo tempo, de forma interina.

Em uma temporada de fracos resultados até agora, o Lille é o penúltimo colocado do Campeonato Francês, com apenas três vitórias em 14 partidas disputadas. Para esta temporada, o clube se reforçou com brasileiros basicamente. Foram contratados Thiago Maia, Thiago Mendes e Luiz Araújo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.