Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Após derrota, Dorival diz que resultados são 'questão de tempo'

Treinador reconheceu a fase ruim da equipe depois do revés por 2 a 0 para o Corinthians, em Itaquera

O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2017 | 21h58

Depois de três derrotas e apenas uma vitória no Brasileirão, o técnico do Santos, Dorival Júnior, reconhece o momento ruim do time alvinegro e criticou as oscilações da equipe nas últimas partidas do torneio. Neste sábado, a equipe perdeu para o Corinthians por 2 a 0 em Itaquera, pela 4ª rodada da competição, com gols marcados no segundo tempo de jogo, depois de uma primeira etapa equilibrada.

"Quem vê (somente) o primeiro tempo contra o Corinthians, acaba até questionando o resultado. Fizemos um primeiro tempo bom, mas o segundo ruim. No domingo passado (contra o Cruzeiro), foi o inverso. Essas oscilações comprometem", disse o treinador, em coletiva de imprensa depois da derrota na Arena Corinthians.

Dorival negou que a derrota possa pressionar sua situação como comandante do clube e espera resultados melhores nas próximas rodadas. "Acredito e confio no trabalho que está sendo desenvolvido. É questão de tempo para que os resultados aconteçam. Sempre que tem derrota é natural que a responsabilidade recaia sobre o treinador".

A derrota fez o Santos cair para a 15ª posição na tabela do Brasileirão depois dos resultados deste sábado, com apenas três pontos conquistados. Na quarta-feira, a equipe recebe o Botafogo no Pacaembu, em São Paulo, às 21h, pela 5ª rodada do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.