Paul White/AP
Paul White/AP

Após título com o Real Madrid, Di María se apresenta à seleção argentina

Meia ganhou quatro dias de folga após a conquista da Liga dos Campeões

Agência Estado

30 de maio de 2014 | 16h38

EZEIZA - Di María se apresentou nesta sexta-feira à seleção argentina na concentração em Ezeiza, cidade da região metropolitana de Buenos Aires. O jogador do Real Madrid ganhou quatro dias de folga a mais do que seus companheiros porque no sábado ele disputou a decisão da Liga dos Campeões da Europa, em Lisboa, Portugal.

 

Na ocasião, o Real conquistou o título ao bater o Atlético de Madrid por 4 a 1, na prorrogação, e Di María foi eleito o melhor jogador da partida. O gol da virada, inclusive, nasceu de jogada do meia pelo lado esquerdo, em que ele invadiu a área e chutou para defesa do goleiro Courtois, lance completado com cabeçada de Bale para o gol.

 

Com a chegada de Di María, o técnico Alejandro Sabella teve 26 jogadores à disposição para a atividade desta sexta-feira, realizada com portões fechados por sua opção. Ele ainda terá de cortar três atletas até 2 de junho, data limite para que as seleções entreguem as listas finais para a Fifa.

 

Di María é um dos titulares da Argentina, que estreia no Grupo F do Mundial contra a Bósnia-Herzegovina, em 15 de junho, no Maracanã, no Rio. Em seguida, a seleção enfrenta o Irã seis dias depois no Mineirão, em Belo Horizonte, e encerra participação na primeira fase do torneio contra a Nigéria, dia 25, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.