Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Após título, Diego prevê temporada vitoriosa no Flamengo: 'Não podemos regredir'

Zagueiro Rhodolfo espera que equipe melhore e ganhe mais entrosamento

Estadão Conteúdo

19 de fevereiro de 2018 | 13h10

O título da Taça Guanabara foi bastante comemorado pelos jogadores do Flamengo no gramado do Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, mas logo após a festa, a ordem já era mirar os próximos objetivos. Afinal, a ambição do clube rubro-negro é maior do que apenas o primeiro turno do Campeonato Carioca, e o ano passado deixou lições importantes.

+ Em nota, Flamengo diz que Luso-Brasileiro ficará fechado por tempo indeterminado

+ Fla firma acordo com Botafogo e jogará no Engenhão na estreia da Libertadores

"Ano passado não foi como esperávamos, porém, quando olho para trás, tiro o que existiu de positivo. Não podemos regredir, temos que tirar o aprendizado sempre e em cada derrota. Estamos felizes e confiantes para uma ótima temporada", declarou o meia Diego.

O discurso foi entoado pelos companheiros do meia. O zagueiro Rhodolfo, por exemplo, comemorou o triunfo por 2 a 0 sobre o Boavista na decisão, mas admitiu a necessidade de evolução para o restante da temporada, principalmente visando a Libertadores.

"Temos muito a evoluir ainda. Conversamos no vestiário. Valeu pelo título, mas tem muita coisa pela frente. Estamos nos entrosando agora. Vamos nos encaixar como equipe e buscar evoluir muito", comentou.

O Flamengo volta a campo já nesta quarta-feira, quando pega o Madureira pela Taça Rio, mas a cabeça está na estreia da Libertadores, diante do River Plate, dia 28, em casa. "Vamos em busca da Libertadores. Temos dois jogos ainda antes da estreia. Então vamos trabalhar e focar neles para começar bem", disse o atacante Henrique Dourado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.