Felipe Szpak/Ag. Corinthians
Felipe Szpak/Ag. Corinthians

Após trabalhos físicos, Willian faz primeiro treino com o grupo no Corinthians

Atacante já está inscrito no Boletim Diário Informativo (BID) da CBF, e como vinha treinando normalmente na Inglaterra, não terá problemas para entrar em campo

Redação, Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2021 | 14h32

O meia Willian fez neste sábado pela manhã o primeiro treino ao lado dos companheiros de Corinthians no CT Joaquim Grava. Após duas sessões de trabalhos físicos à parte desde a chegada, o camisa 10 finalmente se juntou ao elenco e não esconde a ansiedade pela estreia.

O trabalho comandado pelo auxiliar Doriva e, posteriormente, pelo técnico Sylvinho foi dividido em diversas partes. E Willian cumpriu todas as etapas. O jogador já está inscrito no Boletim Diário Informativo (BID) da CBF, e como vinha treinando normalmente na Inglaterra, não terá problemas para entrar em campo.

O Corinthians treina mais duas vezes antes do jogo com o Juventude, terça-feira, na Neo Química Arena, e Sylvinho definirá se vai e como aproveitar Willian para a partida que fecha o primeiro turno do Brasileirão. Neste domingo deve ocorrer um coletivo pela manhã no qual o treinador dará pistas sobre o time titular.

Willian foi apresentado oficialmente na quarta-feira à noite, na festa de aniversário de 111 anos do clube. Na quinta e sexta-feira foi a campo para os primeiros testes físicos. Nesta sábado, o meia começou as atividades na marcação sob pressão. O Corinthians deve adiantar as linhas diante de um possível Juventude retrancado.

Foram vários ensaios para 90 minutos de bola rolando. Sylvinho ainda trabalhou movimentação e troca de passes com velocidade para fugir da marcação e deu atenção especial ao jogo aéreo, arma do time de Caxias. Com três vitórias seguidas, o Corinthians quer evitar novo tropeço em casa para começar a sonhar com "coisas grandes" na competição.

Com a chegada de Willian e de Roger Guedes, garantir uma vaga na Copa Libertadores virou obrigação. Mas a ideia é começar a reduzir a distância para os primeiros colocados para tentar brigar pelo topo da tabela. Hoje são 12 pontos de distância do líder Atlético-MG e a sexta colocação na tabela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.