Gabriela Bilo/Estadão
Gabriela Bilo/Estadão

Após três gols no início, Santos admite ter se poupado no 2º tempo

Após construir boa vantagem, santistas decidiram 'aliviar' por causa do calor excessivo registrado durante a partida contra a Portuguesa

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

22 de fevereiro de 2015 | 18h41

Bastou um tempo para o Santos liquidar a Portuguesa e marcar todos os gols da vitória por 3 a 1, neste domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. A atuação de gala na etapa inicial foi comemorada pelos jogadores, que admitiram ter diminuído o ritmo no segundo tempo, quando perderam vários gols e ainda viram o time adversário diminuir, já nos descontos da partida.

"Fizemos os gols no primeiro tempo e depois controlamos o jogo na segunda etapa. Isso foi útil para garantirmos a vitória", afirmou o meia Lucas Lima. Destaque da partida com dois gols e uma assistência, Robinho também admitiu a acomodação da equipe. "Depois do intervalo cansamos um pouco por causa do calor. Fizemos por merecer o resultado porque matamos o jogo logo e, após isso, administramos a vantagem", explicou.

A Portuguesa teve o zagueiro Alex Lima expulso no segundo tempo, mas o Santos não fez mais gols. Robinho perdeu outra boa chance e Ricardo Oliveira também teve outras duas oportunidades. Com a proximidade do fim, o goleiro Vanderlei precisou fazer algumas defesas, até tomar o gol de Jean Mota, aos 44 minutos.

"Nosso time envolveu o deles no primeiro tempo. Foi impecável. Toda equipe que sai para o intervalo perdendo por três a zero volta com medo de não tomar mais", disse Ricardo Oliveira ao explicar a queda de rendimento na segunda etapa.

Depois da vitória, o Santos vai dar folga aos jogadores nesta segunda-feira. A reapresentação será na terça e o time terá a semana toda sem compromissos. O próximo jogo é somente no outro domingo, quando a equipe da Vila Belmiro recebe o Linense, também no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.