Após tropeço, Palmeiras concentra a atenção no São Paulo

Técnico Vanderlei Luxemburgo tenta minimizar clima de rivalidade; Pierre se machuca e deve ficar fora

Redação,

11 de julho de 2008 | 10h13

O empate em casa com o Figueirense não estava nos planos do Palmeiras. No entanto, os jogadores e o técnico Vanderlei Luxemburgo não reclamaram muito do resultado. Eles mostraram estar com a cabeça no duelo contra o São Paulo, neste domingo, no Morumbi.Veja também:  Resultados e classificação do Campeonato Brasileiro   Diego Cavalieri assina contrato de 4 anos com o Liverpool Luxa: 'O Valdivia vai ter de voltar a ser o que era' "Temos que levantar a cabeça e pensar no clássico", pregou o atacante Alex Mineiro. "Sentimos [contra o Figueirense] a falta de alguns jogadores importantes, mas agora vamos completos para cima do São Paulo", emendou. Alex Mineiro espera o Palmeiras completo, o que pode não ocorrer. O volante Pierre deixou o gramado do Palestra Itália com uma contusão e será reavaliado pelo departamento médico no sábado."O clássico é só mais um jogo no campeonato", afirma Luxemburgo. "É um confronto importante para Palmeiras e São Paulo, pois os clubes precisam pontuar. Mas eu não vejo nada mais do que isso." Luxemburgo fez o possível para esfriar o clima de rivalidade para o próximo jogo. "Não teremos uma guerra contra o São Paulo. Não se pode criar uma rivalidade que depois seja difícil de ser contida".O atacante Kléber e o volante Martinez, suspensos contra o Figueirense, retornam ao time. Outro que volta é o lateral esquerdo Leandro, já com a documentação regularizada. Élder Granja depende de reavaliação médica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.