Reprodução/Twitter/Seleção paraguaia
Reprodução/Twitter/Seleção paraguaia

Após tropeço, seleção paraguaia desembarca em Belo Horizonte em silêncio

Paraguai ficou no empate com o Catar na estreia e agora enfrenta a Argentina

Redação, Estadão Conteúdo

17 de junho de 2019 | 23h09

A seleção paraguaia desembarcou, nesta segunda-feira à noite, em Belo Horizonte, para o jogo de quarta-feira, às 21h30, contra a Argentina, pela segunda rodada do Grupo B da Copa América. Cerca de dez torcedores paraguaios estiveram na porta do hotel para recepcionar os jogadores, que treinaram pela manhã no Rio de Janeiro.

Liderados pelo técnico argentino Eduardo Berizzo, os jogadores acenaram para os torcedores, mas não falaram com a imprensa. O meio-campista Rodrigo Rojas, que sofreu uma lesão no ombro no empate, por 2 a 2, com o Catar, no domingo, no Maracanã, não respondeu à pergunta se estava recuperado da lesão.

O mau humor aparente da delegação pode ser explicado pelo fato de o ônibus levado uma hora do aeroporto até o hotel por causa do trânsito pesado.

A seleção paraguaia treina nesta terça-feira pela manhã na Toca da Raposa e apenas os primeiros 15 minutos serão abertos para a imprensa. Está prevista uma entrevista coletiva com Berizzo após o treinamento.

O Paraguai não festeja a conquista da Copa América desde 1979, quando derrotou na final o Chile. Em 1953, o primeiro título foi ganho em cima do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.