Axel Schmidt/Reuters
Axel Schmidt/Reuters

Após tropeços em amistosos, Kroos diz que Alemanha está evoluindo

Desde março, seleção empatou com Espanha e perdeu para Brasil e Áustria, mas se reabilitou contra a Arábia Saudita

Estadão Conteúdo

14 Junho 2018 | 10h10

Apesar dos três tropeços nos últimos quatro amistosos, a seleção da Alemanha está exibindo evolução para a Copa do Mundo, avalia o volante Toni Kroos. Perto da estreia na Rússia, o jogador do Real Madrid acredita que a sua seleção não ficará devendo em nada no Mundial, no domingo.

+ James Rodríguez e jogador do Boca Juniors ficam fora de treino da Colômbia

+ AFA acusa presidente da CBF de 'traição' por voto no Marrocos na Fifa

+ Atacante croata elege Nigéria como maior desafio em grupo para alcançar oitavas

Desde o fim de março, a Alemanha empatou com a Espanha por 1 a 1, perdeu para o Brasil por 1 a 0, e para a Áustria, por 2 a 1, já no início deste mês. No último amistoso, se reabilitou com uma vitória sobre a modesta equipe da Arábia Saudita por 2 a 1.

"Houve certas críticas, mas foram relacionadas ao desempenho em cada jogo. Acho que jogamos bem contra a Arábia Saudita. Mas é claro que precisamos trabalhar algumas coisas e já estamos fazendo isso. Estou convencido de que não haverá nada para ser criticado durante a Copa", afirmou o volante, nesta quinta-feira.

A recuperação da Alemanha poderá ser constatada no domingo, no primeiro duelo dos atuais campeões mundiais na Rússia. A estreia será contra o México. "Nosso primeiro rival é muito bom. Isso é motivo suficiente para ficarmos muito concentrados. É bom saber que teremos um bom oponente pela frente", comentou Kroos.

 

Já o zagueiro Jerome Boateng preferiu minimizar nesta quinta-feira os resultados recentes da sua seleção. "Amistosos são coisas completamente diferentes de jogos da Copa. Sabemos que não fomos bem nestes jogos. Mas será uma vantagem ter um bom adversário na estreia", declarou o zagueiro do Bayern de Munique. "Precisamos de uma performance muito boa, isso será importante para vencer este jogo."

Questionado sobre o problema físico que o tirou das últimas semanas da temporada europeia, Boateng disse se sentir bem. Mas não afirmou se terá chance de jogar a partida de estreia. "Eu me sinto bem, meu corpo está bem. Está cada dia melhor. Claro que vou precisar recuperar o ritmo de jogo. Mas estou bem disposto", declarou.

Boateng sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda no fim de abril e perdeu as partidas finais do Bayern na temporada europeia. Ele chegou a ser dúvida para a Copa, mas se recuperou bem nas últimas semanas e foi mantido na lista de convocados do técnico Joachim Löw.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.