Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Após um mês no Palmeiras, Cuca estreia na arena alviverde

Treinador ainda não dirigiu a equipe em casa

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2016 | 07h05

Após pouco mais de um mês, o Palmeiras volta a jogar no Allianz Parque e encara o River Plate-URU pela Copa Libertadores. O jogo marca a estreia do técnico Cuca na casa alviverde como treinador da equipe. O comandante palmeirense lamenta o fato de debutar com o time vivendo um momento tão delicado na competição continental, mesmo vencendo o Palmeiras não tem mais o controle de sua classificação para a próxima fase.

“É uma pena estarmos em uma situação como esta, sem depender de nossas forças. Pela nossa grandeza, nós teríamos de estar em uma situação melhor. Temos de ter fé e as coisas acontecerão. Faremos o nosso trabalho bem feito e temos de fazer um bom jogo, com calma e rapidez”, analisou o treinador, que atuou dez vezes no antigo Palestra Itália, sendo nove vitórias e uma derrota em 1992, quando defendeu a equipe alviverde.

O estádio do Palmeiras é outro. Cuca também. Depois de sua campanha com o Atlético-MG, último campeão brasileiro da Libertadores, o treinador subiu degraus em sua cotação no mercado. Cuca é tido atualmente como um dos grandes comandantes do futebol brasileiro. Quando pisar para comandar a equipe no Allianz Parque certamente será ovacionado pela torcida, e se lembrará dos tempos em que atuou no Palestra Itália. Ele já disse que era um sonho ocupar este cargo no Palmeiras. 

Para poder sentir um pouco do que é estar do outro lado quando entrar na arena, o treinador comandou um treinamento no Allianz Parque na quarta-feira à noite. Nâo foi como será o jogo desta quinta. Cuca já trabalhou na arena, no começo do ano passado, quando dirigiu o Shandong Luneng, da China, em amistoso contra o Palmeiras.Naquela ocasião, ele ainda não sabia que estaria no Palmeiras. Marcelo Oliveira era o treinador.

O último jogo do Palmeiras em casa foi a derrota para o Nacional-URU por 2 a 1, no dia 9 de março, também pela Libertadores. Aquele resultado custou o emprego de Marcelo Oliveira. De lá para cá, o time mandou jogos no estádio do Pacaembu enquanto a arena serviu de palco para os shows das bandas Maroon Five e Coldplay.

Com 5 pontos, o Palmeiras é o terceiro colocado do Grupo 2 da competição. O líder é o Nacional, com 9, já classificado e seguido pelo Rosário, que tem 8. O River Plate-URU, com 3, é o lanterna e já está eliminado. O Palmeiras tem de ganhar do River e torcer por uma vitória do Nacional sobre o Rosario. Tem ainda de tirar o saldo de três gols do time argentino. As duas partidas acontecem no mesmo horário, às 21h45.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.