Jefferson Bernardes/AFP
Jefferson Bernardes/AFP

Após vaias e atuação fraca no Sul, Robinho admite: 'Tiramos o pé'

Atacante assume que equipe se poupou visando a Copa América

Estadão Conteúdo

11 de junho de 2015 | 00h17

A seleção brasileira derrotou Honduras por 1 a 0 e foi vaiada por parte da torcida presente no Beira-Rio. Para o atacante Robinho, que entrou no segundo tempo, o que "vale é a Copa América" e não o amistoso desta quarta-feira. Segundo ele, a equipe se poupou já pensando no jogo de domingo contra o Peru, na estreia da competição continental.

"Ganhamos o amistoso, mas tiramos um pouco o pé, o que vale é a Copa América", afirmou ele, ainda no gramado, à TV Globo. "A equipe está crescendo, a base é mesma (da era Dunga). Temos tudo para fazer uma grande Copa América."

Robinho também afirmou que está recuperado das dores que ele sentia no joelho. Ele chegou até a ficar de fora de um dos treinos nesta semana. "Fiquei preocupado, mas foi só uma dorzinha."

TERCEIRO GOL

O 1 a 0 só valeu para o atacante Roberto Firmino. Ele marcou seu terceiro gol pela seleção brasileira. "Estou preparado para o que der e vier. Dou meu melhor e estou pronto para tudo", disse.

O Brasil estreia na Copa América, domingo, contra o Peru. O jogo, às 18h30 (Brasília) será disputado em Temuco, cerca de 650 km ao sul de Santiago.

O time brasileiro só viaja ao Chile na sexta-feira. O lateral-direito Danilo, que machucou o tornozelo direito, pode ser cortado. É possível que outro jogador seja convocado para substituí-lo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.