Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

Após vencer covid, Copete festeja até o fato de poder atuar de lateral no Santos

Colombiano jogou na lateral direita contra o Botafogo de Ribeirão Preto, mesmo sendo canhoto

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2021 | 00h45

Depois de ficar afastado por testar positivo para covid-19, Copete se reapresentou na quarta-feira, realizou exames, foi relacionado pelo técnico Ariel Holan e entrou em campo no empate do Santos com o Botafogo, sem gols, neste sábado à noite, na Vila Belmiro, aos 30 minutos da etapa final, para atuar na lateral-direita, mesmo sendo canhoto. Nada disso tirou o entusiasmo do colombiano, de 33 anos.

"Quero agradecer a Deus por eu voltar aqui. Espero poder dar a volta por cima, fizemos uma partida excelente hoje, parabenizar os companheiros que jogaram bem e trabalhar mais", disse o jogador, entusiasmado ao final da partida.

"Hoje foi muito especial jogar depois de tanto tempo, feliz em poder ajudar o Santos. Estamos trabalhando em busca da renovação, um clube que amo tanto, então é fazer um bom trabalho", disse o atleta, que discute com a diretoria do clube a renovação de seu contrato.

Copete, que deveria ter sido integrado o grupo que foi a Buenos Aires enfrentar o San Lorenzo pela Copa Libertadores, espera ser chamado por Ariel Holan para o jogo de volta, que acontece na quarta-feira, em Brasília. O time de Vila Belmiro venceu o primeiro duelo por 3 a 1 e ficou muito perto de uma vaga na fase de grupos da principal competição sul-americana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.