Laurent Gillieron/EFE
Laurent Gillieron/EFE

Após ver nascimento da filha, Embolo está de volta à seleção da Suíça

Atacante foi autorizado a deixar concentração da seleção na quinta-feira, mas já retornou

Estadão Conteúdo

29 Junho 2018 | 19h42

O atacante Breel Embolo fez um bate-volta entre a Rússia e a Suíça para acompanhar o nascimento da filha Naliya. O jogador de 21 anos foi autorizado pela Associação Suíça de Futebol a deixar a concentração da seleção na última quinta-feira e retornar nesta sexta.

+ Técnico da Suíça pede 'futebol atrativo' para derrotar a Suécia

Com sorriso no rosto, Breel Embolo afirmou que vive momentos incríveis tanto como profissional de futebol, com a Suíça nas oitavas de final do Mundial, quanto na vida pessoal. "Estou muito feliz, o momento se encaixa", disse o atleta do Schalke 04, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, após retornar a Togliatti, onde a equipe faz a sua preparação para a partida contra a Suécia, nesta terça-feira, às 11 horas (de Brasília), em São Petersburgo.

"Foi uma sensação maravilhosa quando segurei minha filha em meus braços. Uma confusão selvagem de emoções e pensamentos. Ela tem a calma de Breel. Se isso continuar, será uma paternidade simples", brincou Embolo, que ganhou um comercial, veiculado nas redes sociais, sobre o nascimento de Naliya de uma montadora de automóveis patrocinadora da seleção.

A equipe suíça viaja para a sede do confronto das oitavas de final neste domingo. O técnico Vladimir Petkovic terá dois desfalques no sistema defensivo para o jogo. O lateral-direito Lichtsteiner e o zagueiro Fabian Schar cumprem suspensão automática pelo segundo cartão amarelo.

 

Na ala, Michael Lang deve ser titular. Ele foi anunciado nesta sexta-feira como novo reforço do Borussia Mönchengladblach, da Alemanha, após três temporadas no Basel, da Suíça. "Darei sempre tudo para o meu novo clube, tal como fiz para o Basel e para a seleção suíça, que de agora em diante será o foco do meu trabalho novamente. Eu quero e vou fazer o meu melhor para ganhar o confronto contra a Suécia", afirmou o jogador.

No miolo da zaga, a dúvida está entre Elvedi ou Djourou, este último mais experiente e alto, uma vantagem diante dos suecos fisicamente fortes.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.