Shuaib Salem / Reuters
Shuaib Salem / Reuters

Após vexame, River chega a Abu Dabi e já projeta retorno à Argentina com festa

Equipe espera recepção calorosa em primeiro reencontro com a torcida após bater o arquirrival Boca Juniors na decisão continental

Redação, Estadão Conteúdo

19 Dezembro 2018 | 11h10

Um dia depois de ser surpreendido pelo Al Ain e cair nas semifinais do Mundial de Clubes, o River Plate chegou a Abu Dabi nesta quarta-feira. Depois do vexame com a queda nos pênaltis para os donos da casa, a equipe deixou a cidade de Al Ain e tenta juntar os cacos para brigar pelo terceiro lugar da competição.

Apenas nove dias depois de uma das maiores glórias de sua história - o título da Libertadores diante do arquirrival Boca Juniors em Madri -, o River enfrentou o campeão dos Emirados Árabes Unidos como grande favorito. Mas o Al Ain surpreendeu, arrancou um empate por 2 a 2 no tempo normal e na prorrogação e venceu nas penalidades.

Agora, o River, que sonhava em conquistar seu segundo título mundial, terá que se contentar com a disputa do terceiro lugar. No sábado, a equipe argentina vai encarar em Abu Dabi o derrotado da outra final, entre o favorito Real Madrid e o Kashima Antlers, que se enfrentam nesta quarta. Se for novamente derrotado, será o primeiro sul-americano da história a não figurar entre os três primeiros do torneio.

Apesar da queda precoce e do vexame protagonizado na terça, o River promoverá uma festa à sua torcida no fim de semana. Imediatamente após a disputa do terceiro lugar, a equipe deverá deixar os Emirados Árabes e retornar à Argentina, onde espera uma recepção calorosa no domingo.

A diretoria considera que a derrota na semifinal não é motivo suficiente para impedir a comemoração pelo histórico título da Libertadores. Afinal, desde a conquista o River não reencontrou seu torcedor, já que viajou direto da Espanha para os Emirados Árabes. Por isso, uma festa deverá acontecer no Estádio Monumental de Núñez, casa da equipe.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.