Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Após viagem complicada, Palmeiras treina em Mendoza para jogo da Libertadores

Equipe supere sustos com voo turbulento e faz atividade fechada na véspera de partida pela Copa Libertadores

Redação, O Estado de S. Paulo

22 de julho de 2019 | 17h15

O Palmeiras enfim está em Mendoza, na Argentina. Depois de ter problemas no voo até a cidade, ter de cancelar a viagem e pernoitar em Buenos Aires, o elenco do técnico Luiz Felipe Scolari desembarcou na manhã desta segunda-feira no local da partida da próxima terça-feira, contra o Godoy Cruz, pela Copa Libertadores. O time fechou a preparação para o jogo com um treino na parte da tarde.

Felipão e seus comandados trabalharam no estádio Juan Bautista Gargantini, do Independiente Rivadavia, time da segunda divisão argentina. Sob um frio intenso, inferior a 10ºC, a equipe permitiu a presença dos jornalistas apenas durante o aquecimento. Depois, o Palmeiras trabalhou com os portões fechados para definir a equipe que entra em campo na terça.

O Palmeiras havia planejado desembarcar em Mendoza no domingo pela manhã. O elenco saiu de Fortaleza, onde no sábado perdeu para o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro, e embarcou em voo fretado até a cidade argentina. Porém, o tempo ruim e os ventos fortes cancelaram as duas tentativas de pouso e a solução foi passar a noite em Buenos Aires e aguardar as condições melhorarem.

O técnico Felipão não revelou qual time deve escalar na terça-feira. Após utilizar a formação titular nos dois últimos compromissos, é possível que o treinador realize algumas alterações. A partida na Argentina começa às 21h30 desta terça, com o jogo de volta marcado para a próxima terça, no Allianz Parque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.