Após vice, Audax deve ceder atletas para o Oeste jogar a Série B

Diretorias conversam para repetir a parceria do último ano

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

09 de maio de 2016 | 18h22

Parte do time vice-campeão paulista pelo Audax deve se transferir para o Oeste para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. As duas diretorias conversam para repetir a parceria do último ano, quando atletas também reforçaram o clube da Itápolis (SP) na competição nacional. "Tem vontades das duas partes para o acordo. Temos conversas avançadas para a chegada de jogadores", afirmou o vice-presidente de futebol do Oeste, Mauro Guerra.

As conversas contemplam variadas possibilidades, como a definição do número de jogadores, a ida de membros da comissão técnica e a chance do Oeste mandar partidas em Osasco (SP), como fez no ano passado.

O estádio dos Amaros, em Itápolis, não tem laudo dos bombeiros e a diretoria ainda procura um local definitivo para as partidas do Brasileiro. "Ainda precisamos resolver esse problema do estádio antes de pensar em reforços", disse Guerra.

O Audax garantiu vaga no Campeonato Brasileiro da Série D graças à boa campanha no Campeonato Paulista. Para disputar a competição, o clube deve apostar em um elenco mais modesto, com jogadores do Grêmio Osasco e revelações das categorias de base.

Tudo o que sabemos sobre:
AudaxOsascoCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.