Diego Vara/Reuters
Diego Vara/Reuters

Após vice da Libertadores com Lanús, técnico argentino assume o Atlético Nacional

Jorge Almirón substituirá Juan Manuel Lillo, demitido no início deste mês pelo time colombiano

Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2017 | 22h50

Depois de ter conquistado com o Lanús o vice-campeonato da Copa Libertadores, na qual caiu diante do Grêmio na final da competição, o argentino Jorge Francisco Almirón foi oficialmente confirmado, nesta terça-feira à noite, como novo técnico do Atlético Nacional, da Colômbia.

+ Técnico do Lanus renuncia após perda do título da Libertadores

O treinador de 46 anos de idade assume o lugar do espanhol Juan Manuel Lillo, demitido no início deste mês. O clube colombiano informou, por meio de nota em seu site, que a contratação foi fechada em Buenos Aires, onde o comandante se encontrou com o presidente do Atlético Nacional, Andrés Botero.

Campeão da Copa Libertadores em 1989 e 2016, quando também ganhou um carinho especial do povo brasileiro por causa das lindas homenagens que fez às vítimas do grave acidente aéreo da Chapecoense ocorrido naquele ano, o clube colombiano disputará novamente a competição continental em 2018.

Jogador profissional até 2009, Almirón comandou em sua carreira como técnico os mexicanos Dorados de Sinaloa, Veracruz e Tijuana, assim como esteve à frente dos argentinos Defensa y Justicia, Independiente, Godoy Cruz e finalmente do Lanús, pelo qual conquistou três títulos em seu país em 2016.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLanusAtlético Nacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.