Após virar líder, Cuca prega regularidade no Cruzeiro

O Cruzeiro chegou à liderança do Brasileirão no último domingo, quando venceu o confronto direto com o Fluminense. Agora, faltando apenas nove rodadas para o final do campeonato, o técnico Cuca avisa que o time mineiro precisa manter a regularidade para poder ficar com o título.

AE, Agência Estado

14 de outubro de 2010 | 15h31

"Faltam nove jogos, é muita coisa. Atingimos a liderança, mas não deixamos isso subir à cabeça. Temos que ter o mesmo comprometimento e a mesma regularidade que tivemos até aqui. Vamos trabalhar bem e, se Deus quiser, chegar ao final na liderança", afirmou Cuca.

Na luta para manter a liderança, o próximo desafio do Cruzeiro será bastante complicado: enfrenta o embalado Grêmio, domingo, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. Os dois times possuem as melhores campanhas do segundo turno do campeonato, ambos com 23 pontos.

"O Grêmio vive um grande momento, jogando um futebol técnico, vistoso, e nós também. O que faz o jogo ser difícil, além da qualidade do Grêmio, é saber que a torcida incentiva, vai mesmo ao campo, e a dificuldade para nós vai ser enorme, como tem sido", reconheceu Cuca.

Apesar das dificuldades que terá pela frente, o treinador disse acreditar na força do time do Cruzeiro nesta reta final de campeonato. "Não tem um jogo que dá para tirar o pé, todos são decisivos e domingo vai ser mais um assim", explicou Cuca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroCuca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.