Após vitória, Roger aponta Grêmio fortalecido para o mata-mata da Libertadores

Classificado antecipadamente às oitavas de final da Copa Libertadores, o Grêmio fechou a sua participação na fase de grupos com vitória por 1 a 0 sobre o Toluca, na noite de terça-feira, em Porto Alegre. Para o treinador, o novo triunfo, que deixou o Grêmio com 11 pontos e em segundo lugar no Grupo 6, mostrou um time em evolução e que está pronto para os desafios da competição.

Estadão Conteúdo

20 de abril de 2016 | 09h05

"A gente vive um momento de crescimento dentro da Libertadores. Nessa primeira fase, o objetivo era classificar bem em um grupo difícil, com jogos na altitude e contra adversários fortes. E classificamos bem. Acredito que tem margem para evoluirmos", disse, elogiando a postura do time, que avançou em um grupo que contava com dois outros campeões da Libertadores - a LDU e o San Lorenzo.

Roger elogiou o desempenho gremista diante do Toluca e agora aposta no histórico do clube para ter sucesso no mata-mata da Libertadores. "Hoje nos portamos bem, hora tendo a bola. Depois, com o resultado construído, oferecemos a bola para contra-atacar. Amadurecemos bem. Agora é mata-mata e a gente conhece o histórico desse clube nesse tipo de confronto", disse.

Sem muito tempo para descansar, o Grêmio volta a jogar na próxima quinta-feira diante do Juventude, fora de casa, no duelo de ida das semifinais do Campeonato Gaúcho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.