Vitor Silva / Botafogo
Vitor Silva / Botafogo

Após vitória, Autuori admite limitação no Botafogo e pede mais atitude

Vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG não foi o suficiente para o treinador evitar críticas

Redação, Estadão Conteúdo

20 de agosto de 2020 | 07h26

O Botafogo surpreendeu ao vencer o Atlético Mineiro por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, no Engenhão. Após o triunfo, Paulo Autuori concedeu entrevista coletiva, admitiu que a equipe carioca tem algumas limitações, mas enalteceu o grupo. O treinador ainda enxergou uma evolução, principalmente, ofensiva na equipe.

"Parabenizar os jogadores. Sabíamos que seria um jogo difícil, mas criamos boas oportunidades e conseguimos concluí-las a gol. O Botafogo teve uma dificuldade maior no calendário em relação aos adversários. Um jogo foi adiado, atuou dois fora, o que nos fez ficar com um olho aqui e outro lá na frente. Temos limitações, mas não vamos lamentar e sim ter atitude e trabalhar bastante. Não comemos amendoim para arrotar caviar. Futebol é assim, tem que vencer. Precisamos ser eficiente e eficazes, assim como fomos hoje ofensivamente", falou o treinador.

Em sua análise da partida, Autuori afirmou que os três pontos não foram a única vitória do Botafogo na partida. Ele ressaltou a importância de colocar jogadores da base em campo e pediu atenção para o duelo contra o Flamengo.

"A partida trouxe pequenas vitórias. Terminamos com cinco jogadores da base, contra uma equipe que investiu milhões. Serviu também para todos atletas do grupo se sentirem úteis e participativos. Se não confiasse neles, não tomaria essa decisão. Espero tirar frutos desta confiança. Eles sabem qual tipo de campeonato temos que fazer. E agora precisamos nos preparar para enfrentar o Flamengo, outro grande adversário", concluiu.

Um dos destaques da partida comemorou a primeira vitória do Botafogo no Brasileirão. "Estou tentando evoluir sempre para alçar voos altos no futuro. Procuramos defender para depois atacar. Faltou um pouco de paciência da nossa parte, mas acabou dando tudo certo", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.