Após vitória, Bruno César reclama de posicionamento

Nem tudo foi festa neste sábado no Pacaembu, quando o Corinthians venceu o Prudente por 3 a 0 e assumiu a liderança do Brasileirão. O meia Bruno César mostrou insatisfação com o técnico Adílson Batista, que o colocou aberto na direita como um atacante, em posição que o jogador não se sente confortável.

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2010 | 21h43

Com o surgimento das primeiras críticas da torcida corintiana às suas atuações recentes, Bruno César reclamou. "O Adílson preferiu botar o Jorge Henrique no meio. Não gosto de jogar assim, mas tenho que respeitar o treinador", disse o jogador, que foi substituído na segunda etapa da partida, dando lugar a William Morais.

Até os companheiros perceberam que Bruno César não estava satisfeito. "Pedi tranquilidade para o Bruno no intervalo. Mesmo que não esteja jogando na posição que gosta, precisa se movimentar", afirmou o lateral Roberto Carlos. "O próprio Adílson falou para ele que, se entrasse no jogo, íamos fazer mais gols. Foi o que aconteceu no segundo tempo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.