Após vitória, Cruzeiro lamenta não ter marcado mais gols

O Cruzeiro venceu o Vitória por 2 a 0 neste sábado, no Mineirão. A vitória foi importante para levar o time à vice-liderança do Brasileirão, com seis pontos. Mas para os cruzeirenses ficou a sensação de que o placar poderia ter sido melhor. "O time jogou bem, criamos oportunidades. Poderíamos ter feito mais, mas o (goleiro) Viáfara foi bem. Está todo mundo de parabéns", afirmou o atacante Kléber, autor dos dois gols na partida.

AE, Agencia Estado

23 de maio de 2009 | 23h07

O lateral-direito Jonathan foi outro a reconhecer a boa atuação do goleiro adversário, mas preferiu destacar o desempenho do Cruzeiro. "Acho que nossa equipe surpreendeu o Vitória. Eles não esperavam que íamos partir para cima com tanta vontade. O Adilson (Batista) está de parabéns pela equipe que montou poupando alguns jogadores", disse o jogador, valorizando ainda o elenco forte do Cruzeiro, que tem se dividido entre o Brasileirão e a Copa Libertadores.

Já para o próprio técnico Adilson Batista, que poupou alguns titulares pensando na primeira partida contra o São Paulo, pelas quartas de final da Libertadores, a equipe ainda precisa melhorar jogando longe do Mineirão. "O time teve consciência, o que é o mais importante. Não é só o fator casa que vai ganhar o campeonato. Nós sabemos da importância de jogar no Mineirão com o apoio do torcedor, mas precisamos melhorar fora", avisou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.