Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Após vitória, Felipão espera definição sobre Marcelo Moreno

Atacante do Grêmio é decisivo em jogo contra o Avenida e como pode ir para a China, deixa técnico preocupado com as opções

Estadão Conteúdo

09 de fevereiro de 2015 | 10h09

Depois de perder Barcos para o futebol chinês, o Grêmio também pode ficar sem Marcelo Moreno, que tem proposta para ser companheiro do argentino no Changchun Yatai. A oferta é boa e o acerto já estaria encaminhado, para descontentamento de Luiz Felipe Scolari. O treinador não escondeu que preferia a permanência do atacante, mas, diante do atual cenário, só espera que o caso seja resolvido o mais breve possível.

"A sondagem existe, mas o Moreno ainda não deu o seu sim. Tenho com ele uma amizade que não imaginasse que poderia ter nesses primeiros dias. Tenho um relacionamento muito bom com ele, que me disse não ter nada definido. Se for melhor para ele, vamos compor. Nós gostamos do Marcelo e acho que ele também está feliz no Grêmio", declarou.

Caso a negociação seja confirmada, Felipão ficará somente com Lucas Coelho para a posição de centroavante. Por isso, o treinador cobrou a reposição rápida no setor se Marcelo Moreno de fato deixar o Grêmio.

"O Marcelo ainda não está negociado, ele ainda não deu seu sim. Se houvesse essa situação da saída, eu já teria que ter outra alternativa. O Moreno tem sido muito correto, uma pessoa excelente comigo. Tem conversado comigo. O Grêmio sabe e nós temos nomes. Esperamos uma definição do caso", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioFelipãoMarcelo Moreno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.