Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Após vitória, Gilson Kleina projeta manter Valdivia e Bruno César juntos

Técnico gostou do que viu em vitória do Palmeiras contra a Ponte Preta

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

15 de março de 2014 | 20h05

SÃO PAULO - Pela primeira vez o Palmeiras teve Bruno César, Valdivia, Leandro e Alan Kardec juntos e Gilson Kleina vê possibilidade para manter a formação no futuro. Ele gostou do que viu no Pacaembu e elogiou o entrosamento dos atletas nesse primeiro teste, em que o time alviverde derrotou a Ponte Preta por 3 a 2, pelo Campeonato Paulista.

No entanto, ele admite que ainda é cedo para dizer que o esquema ofensivo poderá dar certo e procura soluções para fazê-lo funcionar. O principal problema, em sua visão, é conseguir balancear os setores e evitar que o time fique muito frouxo na marcação.

"Se conseguir criar mecanismos para ter o time bem postado e eliminar os contra-ataques, terei a receita de um time muito forte. O clássico será de muita movimentação e correria, mas vamos treinar dessa forma, que é importante. Temos de buscar o gol, mas com muita cautela", afirmou o treinador, referindo-se à partida contra o Santos, que pode assegurar a melhor campanha da primeira fase do Paulista.

O caminho para encontrar a "fórmula perfeita" passa pelo encaixe da dupla de volantes, que terá papel fundamental para sustentar o setor e não deixar a defesa exposta. No teste contra a Ponte Preta, França e Eguren deram muito espaço e erraram muitos passes.

"Tenho que ver de que forma esses volantes devem jogar. Podemos adiantar a marcação, mas se não encaixar expõe muito a zaga. Se seguro, o time pode ficar muito espaçado. É nisso que preciso trabalhar. O Bruno (César) pode ajudar na perda de bola, como o Valdivia fez. Se der uma sequência o Palmeiras vai crescer muito", projetou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.