Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Após vitória, Inter mostra alívio por curar 'ressaca' da Copa do Brasil

Equipe emplaca a 4º triunfo seguido no Campeonato Brasileiro logo após perder título do mata-mata para o Athletico-PR

Redação, Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2019 | 14h16

O Internacional se recuperou após perder o título da Copa do Brasil e venceu a Chapecoense por 1 a 0 no Beira-Rio, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao final da partida, os jogadores respiraram aliviados por não deixarem a derrota na final se transformar em crise.

Autor do gol da vitória, Rodrigo Lindoso disse que o triunfo em casa, o quarto seguido do time gaúcho no Brasileirão, dá uma sensação de alívio após o vice-campeonato da Copa do Brasil.

"É bom que curamos essa ressaca da derrota. Hoje a gente enterrou ela de uma vez para seguir brigando no restante da temporada. Final é um jogo a parte do restante da competição, o Athletico foi merecedor, mas isso já é passado. O importante é o Inter seguir brigando nas competições que uma hora vai vencer", disse.

O atacante Paolo Guerrero comentou as vaias que vieram das arquibancadas no início do jogo. Para ele, a torcida está insatisfeita com o resultado, mas não faltou luta ao elenco colorado.

"Acho que há uma mensagem para o torcedor, temos carinho por eles. Raça e vontade nunca falta. Pode faltar alguma coisa na parte técnico algum dia, mas não falta vontade. Demos tudo hoje, apesar de quarta, que foi duríssimo. Mas raça e vontade nuca vai faltar", afirmou o atacante.

"Quem ganha é o Inter, não é um dois ou três. Eu não preciso fazer gol, preciso ajudar meus companheiros. O Inter é um time dos grandes do Brasil, tem que estar sempre na frente", ressaltou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.