Botafogo/ Divulgação
Botafogo/ Divulgação

Após vitória 'magra' do Botafogo, Jair lamenta lesão de Montillo

Meia alvinegro precisou ser substituído aos 14 minutos do primeiro tempo contra o Olimpia

Estadao Conteudo

16 Fevereiro 2017 | 09h18

O Botafogo conseguiu a vitória que tanto queria no jogo de ida do mata-mata contra o Olimpia, no Engenhão, quarta-feira à noite, mas apenas pelo placar mínimo. Em contraponto, perdeu o meia Montillo, que era dúvida até pouco antes do início da partida, foi escalado como titular, mas precisou ser substituído aos 14 minutos do primeiro tempo.

"Quebra todo nosso planejamento. Você ver, toda uma situação na cabeça e você perde um jogador importantíssimo com 14 minutos. E você tem que se reinventar dentro da partida. Isso leva um tempo, nosso time sentiu dentro da partida. A gente demorou um tempo para se reencontrar", admitiu o técnico Jair Ventura.

Além de Montillo, o Botafogo ainda perdeu mais um jogador por lesão durante a partida, o volante Bruno Silva, que precisou sair no intervalo. "Deu para ver o desgaste físico no segundo tempo mais uma vez. A gente cansa. Você tem três substituições só, e ainda perde dois por lesão e acaba perdendo o gás", lamentou o treinador.

Jair, porém, comemorou a vitória, ainda que por um placar magro. "Voltamos melhor, criamos mais, tivemos outras chances de gol, e saímos com esse resultado pequeno, como foi o primeiro, mas importante. Eles são uma equipe competitiva, difícil e com uma bola parada perigosa. Mas estamos de parabéns."

"É a vantagem mínima, placar mínimo, mas é muito cedo para a gente falar. Futebol pode acontecer de tudo. A gente queria mais. Criamos mais chances, tivemos oportunidades, fico feliz que criamos, mas triste por ter perdido jogadores por lesão. Uma pequena vantagem, mas não deixa de ser uma vantagem", completou.

Mais conteúdo sobre:
futebol Botafogo Montillo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.