Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Após vitória, Renato Gaúcho freia empolgação e cobra: 'Tem que parar a oscilação'

Grêmio venceu o Fortaleza por 1 a 0 em Caxias do Sul na noite deste sábado

Redação, Estadão Conteúdo

09 de junho de 2019 | 11h06

A vitória por 1 a 0 sobre o Fortaleza na noite deste sábado, conquistada a duras penas, com um gol no final do segundo tempo, tirou o Grêmio da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e aliviou o técnico Renato Gaúcho, mas não o deixou empolgado.

O treinador valorizou o triunfo em razão dos três pontos que deixaram o time tricolor fora da zona do descenso, mas disse não estar contente com a irregularidade dos seus comandados. Ao mesmo tempo em que Renato costuma defender os jogadores dos críticos nas derrotas, o técnico tem o hábito de cobrar seus atletas mesmo quando as vitórias vêm.

"A gente sabe que vem oscilando. Mas era muito importante conseguir os três pontos, sair da situação incômoda. Não é porque ganhou que tá tudo bem. Tem que parar com a oscilação" cobrou o treinador.

A cobrança se justifica pois foi apenas o segundo triunfo gremista no campeonato. A vitória elevou a equipe gaúcha para a 13ª colocação, com oito pontos, mas o Grêmio pode cair algumas posições, dependendo dos resultados da rodada.

O grupo gremista já retornou para Porto Alegre e os atletas que não participaram da vitória sobre o Fortaleza treinarão no CT Luiz Carvalho. O último compromisso do Grêmio antes da pausa do Brasileirão para a Copa América será na próxima quarta-feira, contra o Botafogo, às 19h15, no Engenhão, pela nona rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.