Após vitória, Renato Gaúcho mira vaga na Libertadores

O resultado deixou o Grêmio na quarta colocação do campeonato. Agora, depende de si e de que nenhum brasileiro conquiste a Sul-americana

AE, Agência Estado

21 de novembro de 2010 | 10h16

Empolgado pela vitória sobre o Atlético Paranaense, o técnico Renato Gaúcho começou a fazer contas para avaliar as chances do Grêmio de conquistar uma vaga na Copa Libertadores. O resultado de sábado deixou o time gaúcho na quarta colocação, que só garantirá a classificação para a competição internacional se nenhum clube brasileiro vencer a Copa Sul-Americana.

"Agora faltam apenas duas. Dependemos de nossas próprias pernas para ficar na quarta colocação", declarou o treinador, para quem duas vitórias nos últimos dois jogos manterão o Grêmio no G-4. Na última rodada, a equipe gaúcha duelará com o Botafogo, que poderá retomar a quarta posição neste domingo, se vencer o Internacional. O time carioca poderá chegar aos 59 pontos, dois a mais que os gremistas.

Renato Gaúcho também comemorou a vitória de sábado, pelo placar de 3 a 1, por ter sido sobre um rival direto na briga pela Libertadores. "Foi espetacular. Pela necessidade, por tudo que aconteceu na partida. O Grêmio está pela primeira vez no G-4, e vai ficar", garantiu o treinador, confiante. "Os jogadores sabem que eu confio neles. Vamos com força total contra o Guarani. O que está certo não se muda", comentou, adiantando a escalação do time.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.