Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Após vitória sobre o Inter, Mano vê 4 a 1 em Minas como 'exceção'

Técnico do Corinthians elogia reação da equipe e atuação do meia Jadson; treinador também fala em comprometimento do elenco

Estadão Conteúdo

19 de outubro de 2014 | 20h01

O técnico do Corinthians, Mano Menezes, exaltou a vitória sobre o Internacional e arriscou dizer que a derrota surpreendente para o Atlético-MG, por 4 a 1, pela Copa do Brasil, na quarta-feira passada, foi uma "exceção". Em sua avaliação, o time reagiu e mostrou bom trabalho na partida deste domingo em Porto Alegre, onde os corintianos triunfaram por 2 a 1 pelo Campeonato Brasileiro.

"Temos um grupo sério e que trabalha de forma correta. Quando o trabalhamos assim, se tem a força necessária para fazer um jogo do nível que fizemos mesmo depois de um resultado como aquele. Apagamos a exceção, que foi a derrota para o Atlético-MG", comentou Mano em entrevista coletiva no Beira-Rio. "Não dá para brigar pelas primeiras posições se não tiver comprometimento. Tenho muito orgulho dos jogadores."

Mano também comentou a atuação de Jadson na disputa contra o Internacional. Alçado ao time titular, o meio-campista teve desempenho apagado e participou pouco dos lances decisivos. "Futebol é assim, quando você tem jogadores de qualidade, alguns não estão bem e outros ocupam. Optei pelo Jadson porque ele pode fazer a beirada de campo." Para o treinador, Jadson "jogou bem".

Ainda de acordo com Mano, o Internacional é um time difícil de ser batido e o triunfo do Corinthians indica comprometimento por parte dos jogadores. "A resposta que precisávamos dar era de comportamento. Pouca gente saiu com vitória do Beira-Rio porque o adversário é muito qualificado", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.