Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Após vitórias, Gabriel celebra recuperação do Botafogo: 'A confiança voltou'

Equipe do técnico Zé Ricardo venceu os últimos quatro jogos na temporada

Redação, Estadão Conteúdo

22 de fevereiro de 2019 | 17h05

Depois de quatro vitórias seguidas, incluindo a última por 3 a 0 contra o Defensa y Justicia, da Argentina, que colocou o time na segunda fase da Copa Sul-Americana, o Botafogo viu seu ambiente mudar completamente e vai encarar o Vasco no clássico deste sábado, às 19h30, com novo ânimo. O duelo será no Engenhão e é válido pela primeira rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

Um dos destaques do time nos últimos jogos, o zagueiro Gabriel crê que a equipe está em evolução e diz que a confiança voltou depois dos bons resultados em sequência. O defensor acredita que o time já deixou para trás o péssimo rendimento na Taça Guanabara, em que foi eliminado na primeira fase, e terá um desempenho melhor no segundo turno do Estadual.

"Estamos com a cabeça boa, a confiança voltou e sabemos da importância dela. Será um jogo muito difícil. Estamos em uma crescente, evolução muito grande, bastante confiança para fazer grande jogo. Temos que impor nosso ritmo em casa. Estamos preparados para conseguir a vitória amanhã (sábado)", declarou Gabriel.

O entrosamento entre Gabriel e Marcelo, seu parceiro de zaga, tem sido fundamental para a reviravolta da equipe neste começo de temporada. Na ausência do experiente Joel Carli, machucado, a dupla encaixou e ficou sem sofrer gols nas últimas quatro partidas, o que, para o defensor, é mérito de todos.

"Significa muita coisa para um zagueiro. Quando tomamos muitos gols, somos os primeiros criticados. Mas o ônus e o bônus não são apenas dos zagueiros. A marcação começa lá na frente, com o Kieza. Dividimos os méritos com todo mundo. Para um zagueiro, não tomar gols é quase o mesmo que marcar um. Significa que estamos mais perto da vitória, é de extrema importância. É um trabalho coletivo, estão todos de parabéns. Vamos pensar jogo a jogo", afirmou.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Botafogofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.