Após volta, Chiquinho ainda crê em Fluminense no G-4

A derrota para o Internacional por 2 a 1 levou o Fluminense a completar a terceira partida consecutiva sem vitória no Campeonato Brasileiro e diminuiu as chances de o time se classificar para a próxima edição da Copa Libertadores, mas o polivalente Chiquinho não quer saber de desânimo. O jogador garante que o time ainda tem chances de obter a vaga e espera que uma reação comece diante do Criciúma, sábado, no Maracanã.

Estadão Conteúdo

14 de outubro de 2014 | 11h43

"Teremos uma semana cheia de trabalho pela frente para conseguirmos a vitória contra o Criciúma. Sabemos que é difícil, mas não impossível. Vamos procurar, nestes jogos que faltam, fazer boas atuações para entrar no G4 e conseguirmos a classificação para a Libertadores", disse, esperançoso, mesmo com o time a cinco pontos do G4.

Livre das lesões, Chiquinho voltou a ser titular na partida contra o Inter, mas não conseguiu evitar a derrota do Fluminense. Agora, ele espera evoluir nos treinamentos desta semana para ser mais útil ao time nos próximos compromissos no Campeonato Brasileiro.

"Foi muito importante para mim voltar à equipe após duas lesões seguidas. Quero estar sempre pronto para ajudar de alguma forma, mas tenho que trabalhar cada vez forte nesta semana, matar um leão por dia, para no sábado estar bem e ajudar o Fluminense a sair com a vitória", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.