Após volta, Renan fala em tom de adeus no São Paulo

O volante Renan, que retornou ao São Paulo neste início de temporada depois de ter defendido o Atlético-MG no ano passado, está em fase final de recuperação de uma fratura no braço esquerdo para voltar a atuar pelo clube, mas já fala em tom de adeus ao comentar o seu futuro.

AE, Agencia Estado

13 de janeiro de 2010 | 10h54

Renan foi emprestado ao Atlético em 2009 e tem contrato com o São Paulo até o meio de 2011, mas admitiu que ainda não sabe se seguirá no time do Morumbi em 2010. "Gostaria de poder continuar aqui no São Paulo, mostrar que tenho chances de fazer parte do elenco, mas ainda não definimos nada. Caso isso não seja possível, estou pronto para seguir meu caminho em outro clube, sempre com muito trabalho e dedicação", afirmou o jogador, em entrevista publicada nesta quarta-feira pelo site oficial do São Paulo.

Enquanto não define em qual clube irá atuar, Renan festeja a eficiência do tratamento que está realizando para retornar aos gramados. "Minha recuperação está sendo muito boa. Não sinto mais nada no braço e estou fazendo fortalecimento muscular e trabalhando bem forte a parte física. Acredito que em um mês eu esteja liberado e pronto para trabalhar normalmente", prevê.

Renan, que foi campeão paulista, da Libertadores e do Mundial de Clubes pelo São Paulo em 2005, fraturou o braço na derrota de 3 a 1 para o Palmeiras, sofrida pelo Atlético-MG no Palestra Itália, no dia 29 de novembro, pelo Campeonato Brasileiro.

Antes de defender o time mineiro, o volante passou pelo Juventude em 2006, pelo Cruzeiro em 2007 e depois foi para o Al Ittihad. De volta ao Brasil, Renan foi para o Vitória, da Bahia, para depois se transferir para o Atlético-MG.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão PauloRenan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.