Josep Lago/AFP
Josep Lago/AFP

'Aposentadoria de Messi não está distante', alerta Ernesto Valverde

Técnico do Barcelona diz que o futebol precisa se acostumar com a ideia de que o atacante argentino irá pagar em breve

Reuters, Reuters

07 de dezembro de 2019 | 00h06

O técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, disse que o futebol precisa se acostumar com a ideia de que Lionel Messi se aposentará no futuro próximo, acrescentando que sentirá prazer de poder dizer às pessoas que treinou o argentino.

Messi foi coroado Jogador do Ano pela sexta vez, um recorde, ao receber a Bola de Ouro em Paris na segunda-feira, e disparou os alarmes ao dizer em seu discurso “vocês aproveitem mais destes momentos porque minha aposentadoria está ficando mais próxima”.

“É algo natural, parece normal, Leo tem 32 anos e, embora eu não ache que esteja pensando em se aposentar agora, é algo que está no ar”, disse Valverde aos repórteres antes do jogo de seu time contra o Real Mallorca na liga espanhola no sábado em casa.

“Mas não acho que deveríamos enlouquecer com isso, temos que encará-lo naturalmente. Todos pensam na aposentadoria quando chegam a uma certa idade, mas só porque ele está pensando nisso não significa que se aposentará nos próximos três dias”.

Valverde acrescentou que talvez só comece a valorizar verdadeiramente a grandeza de Messi dentro de alguns anos, comparando o impacto do meia-atacante com o do também argentino Alfredo di Stefano, que levou o Real Madrid à conquista de cinco Copas da Europa consecutivas.

“Tenho noção de como sou sortudo, mas às vezes as exigências da vida cotidiana não permitem que você aproveite tudo. Acho que você valoriza mais estas coisas com o tempo”, acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.