Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Christian Charisius/AP
Christian Charisius/AP

Aposta de Löw, Sané diz que Alemanha melhorou em comparação a 2014

Atacante do Manchester City vê atual campeã mundial como uma das favoritas ao título na Rússia

Jamil Chade, O Estado de S.Paulo

25 de março de 2018 | 09h46

Uma aposta de Joachim Löw para o amistoso de terça-feira diante do Brasil, em Berlim, Leroy Sané acredita que o time da Alemanha de 2018 se desenvolveu em comparação ao que conquistou a Copa de 2014. O atacante do Manchester City considerou que o país é um dos favoritos para ficar com o bi no Mundial da Rússia.

Com os dois goleiros em alta, Alemanha e Espanha empatam em 1 a 1 

Brasil deslancha na etapa final e faz 3 a 0 sobre a Rússia

+ "Brasil é menos dependente de Neymar hoje", dizem alemães

"Há uma boa mistura de jogadores de grande talento e que já contam com experiência", disse o jogador em coletiva de imprensa neste domingo. "Temos uma boa combinação de atletas mais novos e outros com experiência, o que permite que não se sinta tanta pressão", explicou. "Claro que nos desenvolvemos nos últimos anos. Melhoramos a parte do jogo."

Sané bateu o recorde de velocidade no Campeonato Inglês e se transformou num dos jogadores mais rápidos da Europa. Agora, com 22 anos, o alemão também quer se tornar um dos mais jovens campeões do mundo, na Rússia.

Thomas Müller e Mesut Özil, dois dos principais astros do time de Löw, foram dispensados. Havia um acordo com seus clubes de que apenas participariam de um dos amistosos disputados nesta semana. E ambos preferiram jogar contra a Espanha, na sexta-feira.

Mas o time alemão pode passar por outras três mudanças. Sami Khedira, com problemas nas costas, pode ganhar uma folga e Ilkay Gündogan deve entrar em seu lugar.

Do time que disputou a semifinal contra o Brasil há quatro anos e marcou sete gols, apenas dois jogadores podem estar em campo: Kroos e Boateng, além de Draxler e Ginter que estavam no banco em 2014. Emre Can, meio campo do Liverpool, também foi poupado por conta de problemas físicos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.