Khedira vê Juventus no mesmo nível do Real Madrid

Jogador é apresentado na Itália e já pensa na Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

15 de julho de 2015 | 10h25

Novo reforço de peso da Juventus para a próxima temporada, Sami Khedira foi oficialmente apresentado pelo clube italiano nesta quarta-feira, em Turim, onde falou sobre como foi trocar o time espanhol pela equipe que eliminou justamente os merengues na semifinal da última Liga dos Campeões. Se esforçando para falar italiano, que diz estar "tentando aprender", o volante alemão qualificou a Juventus como "um dos maiores clubes da Europa" e disse que hoje o time "está no mesmo nível do Real Madrid".

Campeão do mundo com a Alemanha na Copa de 2014, Khedira também disse que se aconselhou com Alvaro Morata, outro que trocou o Real pela Juve, para aceitar o desafio de atuar na equipe italiana. "Eu já tinha decidido viver uma nova experiência, depois de cinco anos em Madri. Eu também pedi algumas informações ao Morata, mas eu precisei de pouco tempo para decidir. Foi uma decisão fácil de tomar", enfatizou.

Khedira assinou contrato para defender a Juventus por quatro temporadas e destacou que o futebol italiano é "muito competitivo, com equipes de alto nível", assim como exibiu otimismo em relação aos próximos objetivos da equipe, que na temporada passada conquistou o Campeonato Italiano, a Copa da Itália e foi vice-campeã europeia.

Na Juventus, o volante espera poder voltar a conquistar a Liga dos Campeões, que ele ajudou o Real Madrid a vencer na temporada 2013/2014. "A Juventus tem mostrado estar entre os quatro melhores times europeu. É por isso que estou aqui, para chegar a outra final e estar de volta ao topo na Liga dos Campeões. Muitos fatores contribuem para vencer, é preciso forma física, sorte e muitas outras variáveis, mas a Juve tem o que é preciso para estar entre os melhores."

Já ao falar sobre a sua forma física, depois de amargar uma temporada na qual foi atrapalhado por seguidas lesões, Khedira esclareceu que ficou treinando "durante as férias com um personal trainer" e assim logo poderá atuar pelo time italiano. "É um orgulho estar aqui. Prometo que farei o máximo esforço para continuar a história (vitoriosa) deste clube", disse o jogador, que vestirá a camisa número 28 do time.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.