Cesar Greco/Divulgação
Cesar Greco/Divulgação

Apresentado, Cleiton Xavier vê Palmeiras mais forte que em 2009

Finalmente apresentado, meia elogia elenco e 'se declara' à equipe

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

09 de abril de 2015 | 13h05

Após quase dois meses só de treinamentos, o meia Cleiton Xavier finalmente foi apresentado nesta quinta-feira, na Academia de Futebol. O jogador, que vai vestir a camisa 8, deve estrear pelo Palmeiras neste domingo, às 11h, contra o Botafogo, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Em sua apresentação, o atleta de 32 anos contou que chega em um elenco ainda mais forte, na sua opinião, em comparação ao time em que ele atuou em 2009, durante sua primeira passagem pelo clube.

"Comparar é complicado. Lógico que eram jogadores diferentes, talvez com qualidades distintas, mas o grupo é bom. Talvez esse grupo seja até mais forte, por ter vários jogadores e um elenco maior. O Palmeiras está montando um elenco muito competitivo", analisou o meia, que assinou contrato válido por três temporadas.

Nos quase cinco anos fora, Cleiton atuou no futebol ucraniano, mas não esqueceu do Palmeiras. "Sempre acompanhei. Os horários eram complicados, mas eu sempre tentava acompanhar. Aprendi a gostar do Palmeiras. Vibrava quando ganhava e sofri quando o time estava mal. Estou feliz pelo retorno", comentou.

Ele nega o rótulo de ídolo, mas sua contratação foi bastante comemorada pelo torcedor. "Ídolo é Marcos e Alex. Eu ainda preciso ganhar títulos e criar uma história aqui", justificou. Por conta de questões burocráticas, o Palmeiras não conseguiu inscrevê-lo dentro do prazo para utilizá-lo na primeira fase do Paulista, por isso, a ansiedade em estar em campo logo é grande. "É uma ansiedade boa. Não vejo a hora de jogar. Quase dois meses treinando e me preparando para esse momento", disse.

Além da identificação com o Palmeiras, algo que fez o jogador aceitar o desafio de retornar ao clube foi o projeto apresentado pelo diretor de futebol, Alexandre Mattos. "Sem dúvida, um dos motivos que me fizeram voltar foi o projeto, que está bem diferente. Isso que tem feito mudar a imagem do clube e feito a torcida acreditar em um bom ano."

A dúvida para domingo é se Cleiton Xavier será titular ou não. A tendência é que uma definição do time aconteça na sexta-feira, em treino que será realizado à tarde na Academia de Futebol. A possibilidade maior é que o meia inicie a partida no banco de reservas. O clube tem até sexta para enviar a nova lista com os 28 inscritos no estadual para a Federação Paulista. Pode ser feita até quatro alterações. Duas são certas: Cleiton Xavier e Kelvin entram e João Paulo e Allione, machucados, deixarão a lista.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasCleiton Xavier

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.