Ricardo Duarte/Inter
Ricardo Duarte/Inter

Apresentado, Guilherme Parede aposta na versatilidade por espaço no Inter

Atacante está emprestado pelo Coritiba, onde se destacou na Série B, até o fim do ano

Redação, Estadão Conteúdo

07 Janeiro 2019 | 16h53

Um dos reforços fechados pelo Internacional para a temporada 2019, Guilherme Parede foi apresentado nesta segunda-feira, no CT do Parque Gigante, sob a expectativa de conquistar espaço no time. Para isso, o atacante, que está emprestado pelo Coritiba até o fim do ano, aposta na versatilidade, acreditando que isso o fará conquistar a confiança do técnico Odair Hellmann.

"Sou um jogador versátil. Do meio para frente, posso atuar em qualquer posição. Onde o Odair quiser me aproveitar, darei o máximo", prometeu o atacante, de 23 anos, que atuou no futebol gaúcho pelo Ypiranga e também teve passagens por Operário e J. Malucelli na sua carreira.

Na entrevista coletiva desta segunda-feira, Guilherme Parede estava acompanhado pelo vice-presidente de futebol Roberto Melo e pelo diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano. E o atacante assegurou ter forte identificação com o Inter, a ponto de escolher o time para disputar jogos de futebol em videogames.

"É uma alegria enorme estar aqui. Quando criança, sempre sonhava em jogar futebol e vestir a camisa do Inter. Sempre me identifiquei com estas cores. Quando era menor, jogava videogame e escolhia o Inter. É um grande desafio na minha carreira. Espero corresponder da melhor maneira possível", afirmou o atacante.

Em 2018, no Coritiba, Guilherme Parede disputou 47 jogos, com 12 gols marcados, sendo nove na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, o que o levou a terminar a competição como artilheiro da equipe.

Além de Guilherme Parede, o Inter havia fechado outras duas contratações para a temporada 2019, ambas para o setor ofensivo, casos dos atacante Neilton, que estava no Vitória, e Rafael Sobis, que deixou o Cruzeiro e ainda não foi apresentado pela direção do time gaúcho.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.