Pedro Souza/Atlético-MG
Pedro Souza/Atlético-MG

Apresentado no Atlético-MG, Diego Costa elogia torcida: 'Fiquei impressionado'

Estreando no futebol brasileiro, atacante assinou contrato com a equipe mineira até dezembro de 2022

Redação, Estadão Conteúdo

19 de agosto de 2021 | 15h32

Mais um reforço de peso do Atlético-MG para a sequência da temporada 2021, o atacante Diego Costa foi apresentado oficialmente pelo clube nesta quinta-feira, na Cidade do Galo, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte. O jogador chega ao time mineiro com contrato até dezembro de 2022.

Diego Costa já foi inscrito no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e fica livre para estrear pelo Atlético-MG. Com a presença do atacante nas arquibancadas do estádio do Mineirão, o time venceu o River Plate, da Argentina, por 3 a 0, na quarta-feira, e avançou à semifinal da Copa Libertadores, quando vai enfrentar o Palmeiras.

"Nada melhor. Pé quente. Cheguei, chegando. Senti toda a atmosfera. Me falaram que eram 16 mil torcedores, mas parecia muito mais. Time está numa dinâmica, um jogo lindo. Vem fazendo uma temporada muito bonita. Espero agregar e estrear o quanto antes para fazer a alegria da Massa", disse o jogador em sua apresentação, que fez questão de elogiar muito a torcida.

"Senti o calor da torcida. Fiquei bastante impressionado. Tive experiência, joguei em grandes clubes da Europa. Mas deu para sentir que a massa é diferente. Senti um pouco o calor da torcida. É bem gratificante. Bem apaixonada. Espero retribuir, dando alegrias para a torcida", completou.

Diego Costa não atua desde dezembro do ano passado, quando deixou o Atlético de Madrid. Pelo Atlético-MG, ele fará a sua estreia no futebol brasileiro. O atacante destacou a ansiedade de defender o time mineiro. "Estou feliz. Ansioso. Tudo novo para mim. Carreira toda na Europa. Nunca pude jogar no Brasil, o Brasileiro. Ansiedade de estrear, ver como vai ser tudo, adaptação, não só de mim, mas da minha família, que é o mais importante", afirmou.

"Foi uma opção minha, neste momento pessoal, sem jogar. Então, fisicamente não estou mal, estou bem. Passei em todos os testes possíveis. Se surpreenderam de forma positiva. Eles vão saber a melhor maneira de estrear. Lógico que as condições físicas, de contato com a bola, não são as melhores possíveis. Mas se pudesse, já tinha estreado ontem. São questões de detalhes, ajustes, para poder estrear o quanto antes", avaliou em outro trecho da entrevista.

Apesar de estar inscrito no BID, Diego Costa deve passar por algumas semanas de treinamento físico e técnico antes da estreia pelo Atlético-MG.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.