Vitor Silva / Botafogo
Vitor Silva / Botafogo

Apresentado no Botafogo, Rafael Forster exalta Autuori: 'Grande profissional'

Zagueiro trabalhou com o técnico no Ludogorets, da Bulgária, em 2018

Redação, Estadão Conteúdo

24 de julho de 2020 | 17h00

O Botafogo anunciou a contratação do zagueiro Rafael Forster nesta sexta-feira e horas depois apresentou o jogador em entrevista coletiva virtual. O novo reforço do time alvinegro foi um pedido do técnico Paulo Autuori, com quem trabalhou no Ludogorets, da Bulgária, em 2018.

Forster reconheceu que a possibilidade de voltar a encontrar Autuori foi um dos fatores principais para retornar ao Brasil. Ele se transferiu ao Zorya, da Ucrânia, no início de 2016 e depois atuou por três temporadas no Ludogorets antes de ser repatriado pelo Botafogo.

"A oportunidade de voltar a trabalhar com o Paulo foi um dos principais motivos, além do nome e da grandeza do Botafogo. Ele é um grande profissional, exige no dia a dia e é uma forma que gosto de trabalhar. Quando estávamos na Bulgária foi muito prazeroso e tive muita evolução", ressaltou Forster.

O defensor de 29 anos assinou contrato com a equipe carioca até o fim de 2021. Mais experiente dos cinco zagueiros do elenco, Forster elogiou o projeto do clube, algo que, segundo ele, também pesou para rescindir com o time búlgaro e escolher o Botafogo.

"Ele (Paulo Autuori) me apresentou o projeto que tinha com o Botafogo. Achei muito interessante, gostei demais da ideia. Paulo tem um respaldo total no futebol, confiei e acreditei no projeto. Fiquei muito feliz. Minha vontade de vir foi logo de cara, tinha a vontade de voltar ao Brasil e participar do projeto. Demorou um pouquinho, mas no final deu certo. Espero corresponder à altura", destacou.

O zagueiro apresentou suas credenciais. Canhoto e considerado atleta de boa técnica, ele disse ter qualidade na saída de bola e afirmou que gosta de participar da construção das jogadas, seja com passes ou lançamentos longos. Também treina faltas e pode jogar na lateral esquerda.

"Eu sou um atleta que gosta de ter saída de bola, do jogo de passes e acabo tendo oportunidade de ultrapassar a linha adversária e isso facilita meus companheiros na construção de jogadas", salientou. "O que posso oferecer é o que tenho de melhor, condição física, passe, minhas características", completou.

Rafael Forster tentará, no Botafogo, se consolidar em um clube de expressão da elite do futebol brasileiro. Antes de ganhar bagagem na Europa, o zagueiro foi revelado pelo Internacional, onde não atuou como profissional, e depois se destacou no Brasil de Pelotas, até chegar ao Goiás. No time goiano, jogou mais de lateral e alternou entre a titularidade e o banco de reservas.

Além de Forster, o Botafogo trouxe outros três reforços antes do início do Campeonato Brasileiro. Chegaram o lateral-esquerdo Victor Luis, ex-Palmeiras, o lateral-direito Kevin e o atacante marfinense Salomon Kalou, que já foi oficializado, mas ainda tem de resolver as últimas pendências antes de vir para o Brasil e ser apresentado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoPaulo Autuori

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.