Fernando Soutello/Divulgação
Fernando Soutello/Divulgação

Apresentado no Botafogo, Túlio pode jogar no Brasileirão

De volta ao clube carioca, atacante deve jogar pelo time de juniores e pode ser inscrito no campeonato com o time principal

AE, Agência Estado

27 de agosto de 2012 | 14h13

Em baixa no Brasileirão, o Botafogo apresentou nesta segunda-feira um reforço bem conhecido da torcida. Túlio Maravilha voltou ao clube mais uma vez, mas não deve ser a solução para o ataque botafoguense, criticada pelos últimos resultados no campeonato.

O retorno do atacante tem caráter festivo, como ficou claro na apresentação, quando Túlio foi recebido literalmente nos braços de torcedores. Com 993 gols, o jogador quer concluir no time carioca seu projeto pessoal de chegar à marca de 1000 gols na carreira. A ideia é que o milésimo seja marcado na equipe principal do Botafogo, nesta edição do Brasileirão.

Para tanto, Túlio será inscrito no campeonato, mas deverá fazer breves passagens pelo time. "É uma alegria grande compartilhar com os torcedores a apresentação desse projeto. O Botafogo é o meu clube do coração, o qual aprendi a gostar. É um orgulho voltar. Aqui é minha casa, onde farei o milésimo e direi que minha missão no futebol está cumprida", declarou o atacante.

Até marcar o 999º gol, Túlio vai entrar em campo em um time Sub-23 montado exclusivamente pelo clube para disputar amistosos e criar oportunidades para o atacante balançar as redes. Ele só deverá voltar oficialmente ao time principal quando estiver prestes a marcar o tão aguardado 1000º gol.

Sua reestreia deve acontecer no dia 15 de setembro, em um amistoso contra o Tupi, em Juiz de Fora, cidade mineira onde há um reduto de torcedores botafoguenses. Enquanto não entra em campo, Túlio vai treinar com o time de juniores. Não estão descartadas atividades ao lado dos profissionais do Botafogo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoTúlio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.