Kirsty Wigglesworth/AP
Kirsty Wigglesworth/AP

Apresentado no Chelsea, Sarri elogia e promete conversa com Hazard e Willian

Fumante, Sarri brincou sobre a velocidade do brasileiro: "Ele será um dos que vai buscar cigarros para mim"

Estadão Conteúdo

18 de julho de 2018 | 12h50

Apresentado nesta quarta-feira como novo técnico do Chelsea, Maurizio Sarri fez elogios ao brasileiro Willian e ao belga Eden Hazard e declarou que espera conversar pessoalmente com ambos para definir o futuro deles, que despertam o interesse de gigantes do futebol europeu e podem deixar o time londrino na atual janela de transferências.

+ Três dias após ser demitido, Conte deseja sorte ao Chelsea e lembra de títulos

Fumante, Sarri brincou sobre uma das características de Willian: a velocidade. "Tem muita qualidade. Pode correr rápido e farei uso desta característica no clube. Ele será um dos que vai buscar cigarros para mim", disse sobre o brasileiro, que despertaria interesse do Barcelona.

Sarri também afirmou que Hazard é um dos dois ou três melhores jogadores da Europa.

O belga afirmou durante a Copa do Mundo na Rússia que "talvez seja hora de descobrir

algo diferente" depois de passar os últimos seis anos no Chelsea. Ele foi ligado a uma transferência para o Real Madrid, que recentemente vendeu Cristiano Ronaldo para a Juventus.

Hazard, assim como o goleiro belga Thibaut Courtois e o brasileiro Willian, está de folga após a Copa do Mundo. Sarri disse que não quer apenas telefonar para os jogadores que ainda não retornaram para a pré-temporada. "Um telefonema sem olhar em seus olhos não dará nenhuma certeza. Eu quero conhecê-los cara a cara e entender qual é a melhor coisa para todos".

"É claro que sempre gostaríamos de manter todos os jogadores mais fortes, o que qualquer técnico quer fazer e qualquer clube quer, mas teremos que ver como o mercado de transferências será nos próximos dias, mas eu me sinto muito mais um técnico no campo do que um gerente geral, acho que sou um dos poucos técnicos que está entediado com o mercado de transferências. Eu não quero falar sobre isso e não estou interessado nisso", acrescentou.

Em sua primeira entrevista coletiva como técnico do Chelsea desde que chegou do Napoli, Sarri disse que vai jogar de uma maneira "um pouco diferente" em comparação ao antecessor Antonio Conte, que venceu o Campeonato Inglês em sua primeira temporada e a Copa da Inglaterra em sua segunda.

O Chelsea, que não se classificou para a Liga dos Campeões da Europa, já se reforçou com o meio-campista Jorginho, ex-Napoli, para a próxima temporada, e deve ter o Campeonato Inglês como principal meta. "Para mim, este é um desafio difícil, mas fascinante. Eu sei que será muito difícil, aqui temos os treinadores e jogadores mais fortes do mundo, então eu sei que será um desafio extremamente difícil", concluiu.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.