Rubens Chiri/ saopaulofc.net
Rubens Chiri/ saopaulofc.net

Apresentado no São Paulo, Zetti prepara a formação de um 'novo' Rogério Ceni

Ex-goleiro foi recepcionado no Morumbi pelo titular Tiago Volpi e reforçou que equipe são-paulina deve formar seus arqueiros na base

Redação, Estadão Conteúdo

08 de abril de 2021 | 19h36

Vencedor dos principais títulos com a camisa do São Paulo, Zetti foi apresentado, nesta quinta-feira, no Morumbi, como o novo coordenador da preparação de goleiros da base do clube. Protagonista do time nas conquistas da Libertadores e do Mundial em 1992/1993, o ídolo afirmou que a equipe vive uma entressafra na posição durante o 'reinado' de Rogério Ceni.

"Parece que ninguém se preocupou com essa formação da base para tirar o lugar do Rogério Ceni. A preocupação é 'vamos contratar um goleiro para trazer igualdade para o Ceni' nesse período", disse o campeão mundial com a seleção brasileira na Copa de 1994.

"Rogério é o maior da história do São Paulo pelo que conquistou e o que fez. Era um cara muito profissional, mas faltou alguém ali no banco de reservas de falar 'opa, vou treinar mais do que esse cara, buscar meu espaço’. Nesse período, esqueceram um pouco desse trabalho da base e que esses meninos poderiam encarar como uma grande oportunidade ser reserva do Rogério, mas ser titular também, não vi isso", afirmou Zetti, que foi recepcionado no Morumbi pelo goleiro Tiago Volpi, atual titular da equipe são-paulina.

Fundador de uma escolinha de goleiros há mais de uma década, Zetti quer utilizar o mesmo método em Cotia com os jogadores da base do São Paulo. "O São Paulo foi contratando outros goleiros para tentar superar o Rogério Ceni, mas não tinha nenhum goleiro melhor do que o Rogério Ceni. Tem que se criar na base e vamos tentar; não sei se vamos conseguir, mas vamos tentar. Vamos tentar direcionar esse DNA da escola do São Paulo para levarmos grandes goleiros ao profissional."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo Futebol ClubeZetti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.