Paulo Fernandes/Vasco
Paulo Fernandes/Vasco

No Vasco, Jorginho cobra regularidade para evitar rebaixamento

Time carioca é o lanterna do Brasileirão, com apenas 13 pontos

MARCIO DOLZAN, O Estado de S. Paulo

17 de agosto de 2015 | 12h21

O técnico Jorginho assumiu nesta segunda-feira o comando do Vasco e já estabeleceu sua meta de trabalho: buscar regularidade nos jogos. Lanterna do Brasileirão, com apenas 13 pontos, o time está a sete pontos de sair da zona de rebaixamento e vai para seu terceiro técnico na competição.

"O mais importante é manter a regularidade. Não houve isso e quando há o time consegue se manter no meio da tabela", ponderou o treinador, que terá Zinho - com quem jogou na conquista do tetracampeonato mundial - como auxiliar. "Definimos isso desde o início do ano."

Segundo o novo treinador, o elenco do Vasco "é bom", a despeito da posição na tabela. "Conheço muito bem o elenco do Vasco. Alguns jogadores não têm tido oportunidade, mas vou ter mais conhecimento. Temos que tentar ter uma base formada, é muito importante para mim como treinador manter todos atletas motivados", explicou Jorginho. "Fui atleta, sei que quem está no banco não fica feliz, mas todos precisam se sentir bem, precisa de bom ambiente."

Na avaliação do técnico, os reforços recém-contratados podem dar mais retorno. "Quem está chegando tem muita capacidade. Jorge Henrique é muito inteligente, tem aplicação tática, se doa para a equipe."

A primeira missão do novo técnico será na Copa do Brasil. Na quarta-feira, o Vasco encara o Flamengo em clássico pelas oitavas de final. "Iniciar trabalho com vitória sobre rival seria importantíssimo. Não é simples, mas temos capacidade."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoJorginhoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.