Arábia Saudita bobeia e deixa a Tunísia empatar no final

No duelo islâmico, a Arábia Saudita empatou com a Tunísia por 2 a 2, nesta quarta-feira, no Allianz Arena, Munique, pelo último jogo da primeira rodada da Copa do Mundo da Alemanha. Os árabes, comandados pelo treinador brasileiro Marcos Paquetá, venciam o confronto até os 47 minutos do segundo tempo.Com o resultado, as duas equipes dividem a segunda colocação do Grupo H, com um ponto. A liderança está com a Espanha, que surpreendeu ao golear a Ucrânia por 4 a 0, em Leipzig.Logo aos 2 minutos da partida o juiz australiano Mark Shield deixou de marcar um pênalti para a Tunísia, quando o atacante Ziad Jaziri foi derrubado na área pelo lateral-esquerdo Hussein Sulimani. Em seguida, a equipe comandada pelo francês Roger Lemerre teve mais uma boa oportunidade. Adel Chedli cobrou escanteio e o zagueiro Karim Haggui, sem marcação, cabeceou para baixo, quase marcando o primeiro gol do jogo.Os tunisianos, que atuaram sem o brasileiro naturalizado Francileudo dos Santos por causa de uma lesão na tíbia, abriram o marcador aos 23. Após cobrança de falta, a zaga árabe afastou mal e o atacante Ziad Jaziri, de voleio, mandou a bola no ângulo direito de Mabrouk Zaid.Em desvantagem, a Arábia Saudita só conseguiu assustar os adversários aos 36. Redha Tukar cobrou falta colocado, mas o goleiro Ali Boumnijel, jogador mais velho da Copa (40 anos), fez boa defesa.O time dirigido pelo brasileiro Marcos Paquetá teve nova chance logo no início do segundo tempo. Na falha da zaga da Tunísia, o meia Mohamed Noor invadiu a área e ficou cara a cara com o Boumnijel, mas errou ao concluir. Mas os árabes empataram momentos depois. Noor recebeu um excelente lançamento na ala direita e cruzou na área para Yasser Al-Kahtani completar.Os árabes conseguiram virar aos 40. Num contra-ataque veloz, a bola foi enviada para o atacante Sami Al-Jaber, que bateu no canto esquerdo de Boumnijel. O maior artilheiro da história da seleção (44 gols em 161 jogos oficiais), Al-Jaber se tornou o primeiro jogador asiático a marcar em três Mundiais diferentes. Mas a Tunísia não se entregou e empatou nos acréscimos, com um gol de cabeça do zagueiro Radhi Jaidi. Na segunda rodada do Grupo H, a Arábia Saudita enfrentará a Ucrânia, na próxima segunda-feira, em Hamburgo. No mesmo dia, a Tunísia pegará os espanhóis, em Stuttgart. Ficha técnica:Tunísia 2 x 2 Arábia SauditaTunísia: Ali Boumnijel; Hatem Trabelsi, Radhi Jaidi, Karim Haggui, David Jemmali; Hamed Namouchi, Joahar Mnari, Adel Chedli (Kaies Ghodhbane), Riadh Bouazizi (Mehdi Nafti); Ziad Jaziri e Yassine Chikhaoui (Karim Essediri). Técnico: Roger Lemerre.Arábia Saudita: Mabrouk Zaid; Ahmed Al-Dokhi, Redha Tukar, Hamad Al Montashari e Hussein Sulaimani; Omar Al-Ghamdi, Mohamed Noor (Mohammed Ameen), Khaled Aziz e Nawaf Al-Temyat (Malek Al-Hawsawi); Saud Khariri e Yasser Al-Kahtani (Sami Al-Jaber). Técnico: Marcos Paquetá.Gols: Ziad Jaziri, aos 23 minutos do primeiro tempo; Al-Kahtani, aos 11, Al-Jaber, aos 40, Radhi Jaidi, aos 47 minutos do segundo tempo Árbitro: Mark Shield (Austrália). Cartões amarelos: Bouazizi, Chedli, Haggui e Chikhaoui. Local: Allianz Arena, Munique.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.