Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Arana revela ter irmão palmeirense e admite surpresa com fase do rival

Lateral conta que tirou sarro do irmão e de um amigo palmeirense e comentou sobre a brincadeira de Allianz Arana

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2017 | 18h58

Autor do segundo gol e um dos destaques da vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Palmeiras, o lateral-esquerdo Guilherme Arana mandou um abraço para um amigo palmeirense após o clássico realizado no Allianz Parque. Nesta quinta-feira, o corintiano continuou com a brincadeira e ainda revelou ter deixado o irmão chateado com o resultado. 

"O amigo que mandei abraço estava vendo jogo em casa e quando cheguei ele estava triste, mas ficou feliz por mim. Meu irmão é palmeirense, mas é meu irmão e vou levar para a vida inteira. Sempre que tiver um Corinthians e Palmeiras, vou brincar com o Rafael", falou, se referindo ao amigo. 

Após a boa atuação, os torcedores passaram a brincar com o nome do lateral e o do estádio palmeirense e passaram a chamar o Allianz Parque de Allianz Arana. O corintiano se diverte com a brincadeira, mas jura respeito pelo rival.

"Eu recebi algumas brincadeiras, são sadias, sempre bem vindas e nunca desrespeitando a grande equipe que é o Palmeiras. Graças a Deus fiz um grande jogo, talvez um dos melhores como profissional com a camisa do Corinthians", comentou.

Com o resultado, o Palmeiras ficou 16 pontos atrás do líder Corinthians. A diferença na tabela surpreende o lateral. "É uma surpresa, porque eles têm grandes jogadores e um elenco forte", opinou. 

Arana está suspenso para a partida contra o Atlético-PR, sábado, na Arena Corinthians. Em seu lugar, o técnico Fábio Carille vai escalar Moisés.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.