Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Aranha exibe segurança como substituto de Rafael no Santos

Goleiro foi bem contra Portuguesa e convenceu a diretoria de que pode ser o dono da posição

SANCHES FILHO, O Estado de S. Paulo

17 de julho de 2013 | 07h38

SANTOS - Bastaram dois jogos, contra São Paulo e Portuguesa, para Aranha confirmar a previsão quase generalizada no clube de que ele estava pronto para se tornar o goleiro titular do Santos, até com vantagem sobre o antecessor Rafael, vendido ao Napoli.

Com a paciência própria de quem é calejado no futebol, o arqueiro de 32 anos soube esperar a sua hora. "O meu melhor momento no Santos foi durante a Olimpíada (Rafael estava machucado), porque tive uma sequência maior de jogos e o torcedor passou a acompanhar mais meu trabalho." Com o retorno de Rafael, Aranha continuou se aplicando nos treinos para não decepcionar quando surgisse uma oportunidade, e agora está tendo a recompensa.

ROBINHO 

Com viagem à Itália da advogada do atacante, Marisa Alija Ramos, confirmada para esta quarta-feira à noite, surgiram especulações em Milão de que as negociações com o Santos poderiam ser reabertas. Porém, a advogada descartou a possibilidade de o jogador reduzir ainda mais seu pedido salarial para tornar possível a volta à Vila. "Vou à Itália de dois em dois meses para cuidar dos assuntos de Robinho. E agora, como é início da temporada europeia, vamos tratar de ajustes com o Milan."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCAranha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.