Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Aranha nega atuação heroica diante do Inter e exalta grupo do Santos

Goleiro fez grandes defesas na vitória por 2 a 1 em Novo Hamburgo

AE, Agência Estado

11 de setembro de 2013 | 09h37

NOVO HAMBURGO - O goleiro Aranha foi decisivo para a vitória do Santos por 2 a 1 sobre o Internacional, na noite de terça-feira, em Novo Hamburgo, em jogo adiado da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas evitou assumir o rótulo de herói. Para ele, o conjunto acabou sendo decisivo para o segundo triunfo consecutivo da equipe no torneio nacional.

"Sozinho nunca. Quando não dá para o goleiro, nossa defesa tem feito um excelente trabalho, tem ajudado, todo mundo se dedicando muito. É a força do conjunto", disse Aranha, que já havia feito a diferença para o Santos na vitória sobre o Goiás (1 a 0), no último sábado, com defesas difíceis.

Na noite de terça, o goleiro assegurou a vitória do Santos nos minutos finais do duelo ao impedir que Leandro Damião marcasse depois de um erro de Cicinho, fazendo a defesa com os pés. "Foi um lance difícil, mas tive bastante atenção e fui feliz", afirmou Aranha.

Com a vitória sobre o Inter, o Santos subiu para a sétima colocação no Campeonato Brasileiro com 28 pontos. O time volta a entrar em campo nesta quinta-feira, quando vai enfrentar o Flamengo, às 21 horas, no Maracanã, pela 20ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.