Gilvan de Souza|Divulgação
Gilvan de Souza|Divulgação

Arão celebra chegada de Diego e fala do 1º contato: 'É um cara extrovertido'

Volante elogia novo companheiro de Flamengo

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2016 | 16h42

Desde a semana passada, o assunto no Flamengo tem sido apenas um: a chegada de Diego ao clube. Recebido com status de grande jogador pelos torcedores, o meia tem sido o assunto até nas entrevistas coletivas dos colegas. Foi o que aconteceu nesta quinta-feira, quando Willian Arão foi bastante questionado sobre o novo reforço rubro-negro.

"É um grande jogador tecnicamente. Todos sabem o que ele já fez e ainda pode fazer pelo futebol. O recebemos muito bem e temos certeza de que ele vai nos ajudar muito. Foi possível notar que o Diego é um cara extrovertido e estamos seguros que ele será uma ótima peça para reforçar ainda mais nosso elenco", declarou.

Mas Diego não foi o único tópico comentado por Arão. O volante também precisou responder sobre a irregularidade flamenguista. A falta de uma sequência de boas atuações tem incomodado a torcida, e os próprios jogadores sabem que precisam mudar para entrar de vez na briga pelas primeiras posições. Atualmente, a equipe ocupa a sexta posição, com 27 pontos.

"É complicado fazer uma avaliação. Nosso desejo é estar em primeiro lugar sempre, mas sabemos o quão difícil é o Campeonato Brasileiro. Acabamos deixando escapar alguns pontos bobos, mas também ganhamos outros muito importantes. É difícil fazer uma análise nesse momento. Estamos na sexta colocação, o que nos deixa próximos ao pelotão da frente. Precisamos conseguir uma sequência de duas, três vitórias consecutivas para brigarmos mais ainda na parte de cima", comentou.

A esperança é que esta melhora aconteça já diante do Coritiba, neste domingo, no Couto Pereira. "Vai ser um jogo difícil. Todos sabem que o Brasileirão é uma competição muito disputada. Precisamos chegar lá e fazer um bom jogo. Vamos em busca da vitória para seguirmos colados às primeiras colocações da tabela e, eventualmente, alcançar os líderes."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.