Araraquara tem coletivo contra homens

O último treino do Extra/Araraquara para a final do Campeonato Paulista Feminino de 2004, o Paulistana, contra o Alameda Glória de São Bernardo, em São José do Rio Preto, foi diferente. Para testar o potencial de suas jogadoras, o técnico Fernando Paollilo comandou um coletivo contra homens.Enfrentando o time juvenil da Ferroviária, o Extra venceu por 3 a 2 e ganhou uma motivação a mais para a decisão do estadual. "Esse coletivo com a Ferroviária foi um bom teste. Mesmo jogando contra homens, as meninas mostraram o que sabem, se movimentaram bastante e acabaram vencendo. Estamos preparados para tudo", garantiu Paollilo.Além do coletivo, o Extra também treinou cobranças de pênaltis, pensando na eventualidade de a final - que será em um único jogo - terminar empatada no tempo normal e na prorrogação.Extra/Araraquara e Alameda Glória de São Bernardo do Campo jogam no estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto, pela final do Campeonato Paulista de Futebol Feminino de 2004, o Paulistana. A partida será a preliminar do confronto entre Santos e Vasco da Gama, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.