Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Arbitragem não preocupa Lugano

Lugano garante não estar preocupado com a arbitragem do carioca Wagner Tardelli no jogo desta quarta-feira, contra o Santos, no Morumbi. ?Ele não vai se impressionar com o que falaram a meu respeito. No futebol, temos de ser homens, profissionais e honestos, e tenho certeza que isso vai acontecer com a arbitragem?, disse o zagueiro do São Paulo.O jogador uruguaio refere-se às críticas que sofreu de Elano, que o chamou de violento, após a vitória do Santos sobre o São Paulo, por 1 a 0, no primeiro confronto da Copa Sul-Americana. Lugano quer esquecer o que passou. ?Meu pensamento é na vitória. Esse é o resultado que estamos buscando e que precisamos conquistar?, avisou.Se Elano, o que é muito difícil, começar a partida como titular nesta quarta-feira, não receberá um cumprimento de Lugano. ?Eu só me concentro no jogo e não perco tempo com mais nada. Quando fomos enfrentar o Grêmio, quase me esqueci de dar um abraço no Cuca. Não vai ter abraço em ninguém?, revelou o zagueiro.Ele aguarda o jogo com muita ansiedade. Os motivos são dois. ?Primeiro, porque nós queremos muito esse título. E, depois, porque esses jogos da Sul-Americana passam no Uruguai e eu quero ser lembrado lá nas próximas convocações para as Eliminatórias?, explicou.Lugano foi convocado para defender o Uruguai apenas uma vez, em 2003, para um amistoso contra o Japão. Mas não foi utilizado. Participou ainda de três torneios pela seleção Sub-23 de seu país.

Agencia Estado,

19 de outubro de 2004 | 18h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.